Fechando as ações do mês de prevenção ao suicídio, a Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo e a empresa parceira Bee Touch, que desenvolveu a plataforma de saúde mental CAASPsico, lançam a cartilha Setembro Amarelo.

Trata-se de uma ferramenta prática e didática para quem necessita de um “pontapé inicial” para afastar as chances de agravamento extremo de um quadro depressivo.

Como explica Ana Carolina Peuker, psicóloga e sócia da Bee Touch, logo nas páginas iniciais da cartilha, “o suicídio é um fenômeno de alta complexidade, multifacetado e multideterminado. Pode afetar pessoas de diferentes origens, classes sociais, idades, orientações sexuais e identidades de gênero. Contudo, o suicídio pode ser prevenido! Por isso, saber reconhecer os sinais de alerta em si mesmo ou em alguém próximo a você pode ser o primeiro e mais importante passo”.

Para abrir às pessoas o caminho da boa saúde mental, a cartilha Setembro Amarelo elenca, primeiro, os sinais de alerta indicativos de potencial tendência ao suicídio, para em seguida mostrar fatores de risco, mitos e verdades sobre o tema. A cartilha aponta também onde buscar ajuda para prevenir o suicídio.

Acesse a cartilha Setembro Amarelo AQUI.

Em uma situação de risco de suicídio, encaminhe a pessoa para um serviço de referência de urgência e emergência (pronto atendimento hospitalar, SAMU, UPA etc.). Caso algum familiar esteja em risco, os demais devem ser alertados quanto ao monitoramento do acesso a meios letais (ex. arma, faca, remédios) e a manter uma vigilância permanente caso se identifique risco agravado. Recomenda-se o acompanhamento sistemático da família e apoio especializado.